Os corpos de Getúlio Rodrigues Frazão, de 36 anos, e da sua filha, Larissa Frazão de Almeida, de 12 anos, devem chegar no Maranhão até esta sexta-feira (24). Os dois foram vítimas de uma chacina em um bar em Sinop, no estado do Mato Grosso.

O velório do pai e da filha deve acontecer no município de Governador Nunes Freire, no interior do Maranhão, ainda na sexta-feira.

A outra vítima do crime, o também maranhense Maciel Bruno de Andrade Costa, de 35 anos, proprietário do bar em que ocorreu a chacina, foi sepultado nesta quinta-feira (23), no Cemitério Municipal de Sinop, em Mato Grosso. A família e os amigos estiveram presentes para prestar homenagens. 

As duas pessoas que sobreviveram também são maranhenses: Raquel Gomes de Almeida, esposa de Getúlio e mãe de Larissa, e o sobrinho dele, Luiz Carlos Souza Barbosa.

O CASO

Na última terça-feira (21), os dois homens mataram sete pessoas após perderem um jogo de sinuca em um bar na cidade de Sinop. Depois de serem alvo de piadas das pessoas que participavam do jogo, eles foram até uma caminhonete e pegaram duas armas.

De volta ao bar, os dois começaram a atirar contra as pessoas. No total, seis pessoas morreram no local. A sétima vítima foi socorrida em estado grave, mas não resistiu.

A dupla fugiu em uma caminhonete branca. Eles pegaram ainda uma quantia de dinheiro que estava sobre a mesa de sinuca, além de outros objetos no local. 

By

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *