Edgar Ricardo, de 30 anos, estava foragido desde terça-feira (21).

Nesta quinta-feira (23), Edgar Ricardo de Oliveira, 30 anos, que matou sete pessoas em uma chacina em um bar de Sinop, no Mato Grosso, se entregou à Polícia Civil. O suspeito estava foragido desde terça-feira (21), quando ocorreu o crime.

O cúmplice Ezequias Souza Ribeiro, de 27 anos, morreu em confronto com a Polícia Militar, na tarde dessa quarta-feira (22).

À imprensa local, Edgar afirmou que chegou a dizer para o amigo Ezequias Souza Ribeiro, durante o crime, que deviam “poupar vidas”. Ele argumenta ainda que não tinha a intenção de matar nenhuma criança.

Edgar se entregou após negociação intermediada por seu advogado Marcos Vinicius Borges. O suspeito pediu garantias de que sua integridade física seria preservada.

Entre as vítimas da chacina estão três maranhenses que foram identificadas como Maciel Bruno de Andrade Costa, de 35 anos, que era proprietário do estabelecimento, Getúlio Rodrigues Frazão Júnior, de 36 anos, e a filha Larissa Frazão de Almeida, de 12 anos.

De acordo com informações da Polícia, onze pessoas estavam no bar no momento da chacina: os dois autores do crime, o homem que estava jogando com eles, o dono do bar e mais sete clientes.

As duas pessoas que sobreviveram também são maranhenses: Raquel Gomes de Almeida, esposa de Getúlio e mãe de Larissa, e o sobrinho dele, Luiz Carlos Souza Barbosa.

Veja o vídeo do crime registrado pelas câmeras de segurança:

O CASO

Na última terça-feira (21), os dois homens mataram sete pessoas após perderem um jogo de sinuca em um bar na cidade de Sinop. Depois de serem alvo de piadas das pessoas que participavam do jogo, eles foram até uma caminhonete e pegaram duas armas.

De volta ao bar, os dois começaram a atirar contra as pessoas. No total, seis pessoas morreram no local. A sétima vítima foi socorrida em estado grave, mas não resistiu.

A dupla fugiu em uma caminhonete branca. Eles pegaram ainda uma quantia de dinheiro que estava sobre a mesa de sinuca, além de outros objetos no local.

By

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *