A OMS modificou seu protocolo de recomendação para vacinação contra a Covid-19 e agora considera que adultos saudáveis não precisam de uma terceira dose além da vacinação primária e de um primeiro reforço.

Segundo a entidade, os benefícios “são mínimos” nos casos de pessoas com menos de 60 anos, de risco médio, assim como de crianças e adolescentes de seis meses a 17 anos com comorbidades.

Os especialistas em vacinas da OMS afirmam que não há risco na aplicação de doses de reforço nestes grupos, mas que os “benefícios para a saúde são reduzidos”.

As novas recomendações são do Grupo Consultivo Estratégico de Especialistas em Imunização (SAGE) da OMS, e foram atualizadas após uma reunião em Genebra, nesta semana.

De acordo com o grupo, o impacto da variante ômicron – com alto grau de infecção, mas com casos leves – e do elevado nível vacinação registrado entre a população mundial refletiram na nova recomenção.

By

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *